Sobre ser velha para realizar um sonho






E aí? Tudo em ordem?

O recadinho do coração é pra você que acha que tá velho (a) pra fazer o que sonha:

Como já devem saber sou filha de pais separados, o digníssimo sumiu do mapa e as coisas foram bem difíceis a partir daí. Mas mais dificil que enfrentar dificuldades financeiras é ter que ouvir certas sentenças sobre sua vida, mesmo sendo tão nova. Aos 12 anos eu ouvi de uma pessoa próxima que seria praticamente impossível eu fazer faculdade, já que era muito pobre e filha de mãe divorciada. Lembro que aquilo entrou como uma faca no meu coração, mas também alimentou um sentimento de "ah, vc vai ver só se não vou me formar...".
Em 2001 me formei no ensino médio e concorri a uma bolsa de estudos. Soube em abril de 2002 que havia ganho a bolsa, no mesmo mês que soube que estava grávida do Thiago. Digo sem pestanejar que o que mais me doeu em ser uma adolescente grávida foi a sensação de ter dado o gostinho pr'aquela pessoa e ter que abrir mão da graduação.
Thiago nasceu, e pra dar a ele uma vida melhor do que eu tive trabalhei em mercado, loja, entreguei panfleto, já vendia meus Avons... sonhava em arrumar um emprego legal onde eu ganhasse o suficiente pra pagar facul e criar meu filho. Mas esse emprego não apareceu. E eu me conformei a tocar minha vida.
Quando ele tinha 8 eu e uma amiga conversávamos e falamos que não queríamos que nossos filhos vissem suas mães como "do lar" (não que isso seja menor, veja bem, sou uma "do lar" hoje em dia com orgulho), e nessa mesma época eu trabalhava num lugar onde quase todo mundo era formado ou estudante, e eu me sentia diminuída naquele meio. Juntou tudo e resolvi prestar o ENEM pra, quem sabe, tentar uma bolsa do PROUNI. Mesmo depois de tanto tempo sem estudar consegui me sair bem na prova (na verdade meu forte foi a redação), a mesma amiga me inscreveu no PROUNI e depois da decepção de não ser chamada na primeira chamada consegui no segundo semestre de 2011. Que felicidade! Estudei a trancos e barrancos, era difícil, mal via o Thiago, não pude curtir barezinhos na saída das aulas, mas me formei. E no dia da minha colação não pude me arrumar como planejei porque passei o dia no processo seletivo da empresa que sempre sonhei trabalhar. Aos 30 anos (em meio a estudantes de 19) me formei e realizei um grande sonho. E posso te dizer que a sensação é maravilhosa... Se você tem um sonho, vai atrás! Antes tarde do qu mais tarde! Imagina que triste chegar na velhice e pensar que deixou algo pra trás? É difícil? É dificil. Mas vale MUITO a pena. Dica da Tia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Restaurando couro sintético

Teste da Tia: Máscara facial negra, da Avon

BB Cream Clearskin Avon