Floral de Bach para perder o medo de dirigir



Oi gente, tudo bem?
No segundo post sobre medo de dirigir (este aqui) falei que estava tomando florais para me ajudar a superar este medo.
Os florais foram criados pelo doutor Edward Bach, que estudou a vibração que cada flor tinha e o benefício que essa vibração poderia trazer para nós. Para ele todo mal físico tem uma causa psicológica, e o uso dos florais ajudaria a nos equilibrar - e consequentemente - curar esse males.
Pra ser bem sincera eu leio e releio essa explicação e não consigo entender como as frôzinhas conseguem nos ajudar, mas o importante é que funcionam. Conheci os florais na época que trabalhei em farmácia de manipulação e fiquei encantada com as possibilidades. Há quem pense que os florais tem um quê de esoterismo (o que eu discordo, se vende em farmácia tem algo de científico neles) ou que sejam placebos (remédios de mentira que a pessoa toma acreditando tanto que vai sarar que acaba sarando), mas ví resultados quando dei pro Thiago e também já dei pro meu gato Freddie, e os dois não sabiam o que estavam tomando. Nem sei porque demorei tanto pra experimentar tomar os florais pra medo de dirigir!

Segue abaixo o nome de cada floral e sua indicação (tirei do site Bach Centre, clica aqui pra ver mais)

.
AgrimonyAgrimony - tortura mental detrás de um rosto alegre
Aspen – medo de coisas desconhecidas
Beech - intolerância
Centaury – dificuldade em dizer não
Cerato – falta de confiança nas suas próprias decisões
Cherry Plum – medo de perder o controle
Chestnut Bud – incapacidade de aprender com seus próprios erros
ChicoryChicory - egoísmo e possessividade
Clematis – sonhar com o futuro sem trabalhar no presente
Crab Apple – remédio para limpeza e para o sentimento de auto-rejeição por desagrado
Elm – sensação de sobrecarga por excesso de responsabilidade
Gentian - desanimado à primeira/depois de uma contrariedade
Gorse – desespero
Heather – excesso de preocupação por si mesmo, personalidade egoísta
HollyHolly – ódio, inveja e ciúme
Honeysuckle – viver no passado
Hornbeam – sentimento de cansaço só de pensar em fazer algo
Impatiens - impaciência
Larch – falta de confiança
Mimulus – medo de coisas conhecidas e timidez
Mustard – tristeza profunda e sem motivo aparente
OakOak – para a pessoa impassível e persistente que avança e aguenta além do limite das suas capacidades
Olive – exaustão após esforço mental ou físico
Pine - culpa
Red Chestnut – excesso de preocupação pelo bem estar de seus seres queridos
Rock Rose – terror e medo paralisante
Rock Water – auto negação e repressão por rigidez
Scleranthus – dificuldade de optar entre varias possibilidades
Sweet Chestnut – angustia mental extrema, quando todas as hipóteses parecem esgotadas e a pessoa não vê luz ao fundo do túnel
Vervain – excesso de entusiasmo
Vine – excesso de autoridade, despotismo
Walnut - proteção de influências indesejadas e em caso de mudança
Water Violet – para equilibrar personalidades reservadas e distantes
White Chestnut – pensamentos indesejados e incontroláveis, conflitos mentais
Wild Oat – dúvidas sobre que direção tomar na vida
Wild Rose – sensação de andar à deriva, apático e resignado
Willow – auto comiseração e ressentimento

Também encontrei na internet esta tabelinha que pode te ajudar a escolher os florais perfeitos pra você:

Eu escolhi os seguintes florais pra mim: Rock Rose, Cherry Plum, Red Chestnut, Mimulus, Aspen.

Vale enfatizar que a gente pode até escolher os florais de acordo com o que a gente ACHA que precisa, mas são muitos os casos em que o floral não funciona porque você não tá sabendo identificar qual o seu real problema (tipo acha que é tímida mas na verdade seu problema maior é baixa autoestima).
Eu mandei fazer o meu na farmácia Nitratus e paguei 15 reais (clique aqui para entrar em contato)

E aí? Já toma florais? Tá pensando em tomar? Me conta!

Beijo da Tia :*

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Restaurando couro sintético

Teste da Tia: Máscara facial negra, da Avon

Teste da Tia - Renew Hydra, da Avon