A importância da sua visita para aquela que acaba de dar à luz.

Aquela mulher conhecida sua deu à luz recentemente , e você resolve marcar pra visitá-la e conhecer seu bebê. Só que daí apareceu uma unha encravada, uma preguiça, e você resolve desmarcar. "Tudo bem, né? Ela tá sempre em casa mesmo!" Não,não tá tudo bem. E eu vou te contar porquê.
Quando uma mulher ganha um bebê, seu mundo passa a girar em torno daquela pessoinha. Ela não pode sair de casa, se trabalhava já não trabalha mais, se malhava teve que dar um tempo. Ela sente falta dos amigos, da liberdade de ir e vir, de ser lembrada. E sua ligação marcando uma passadinha encheu seu coração de alegria. O que pra você era só mais um compromisso, pr'aquela mãe era o acontecimento da semana.
Então aquela mãe correu pra deixar a casa arrumada pra você. Ela não tem tempo pra isso sempre, porque, sabe, o bebê exige demais dela. Mas pra te receber ben ela abriu mão do cochilo e varreu tudo, tirou o pó, limpou o banheiro.
Aquela mãe não tem tido tempo de cozinhar e corre sempre pra preparar um arroz papa e um legume pra poder almoçar e não desmaiar de fome enquanto amamenta. Mas pra te agradar ela pensou em algo gostoso que pudesse preparar rapidamente, saiu com o bebê no carrinho na tarde que fez menos frio e comprou tudo, pensando em você.
Aquela mãe não tem tido tempo pra sí. Toma banho com o bebê dentro do banheiro, lava o cabelo quando aparece alguém pra ajudar. Mas pra estar apresentável pra você ela calculou qual dia teria que lavar o cabelo para que calhasse com sua visita, pensou em uma roupa com a qual pudesse amamentar de  forma a não te constranger, passou um corretivo nas olheiras para que não ficasse tão explícito o seu cansaço.
Aquela mãe segue os horários do bebê - o amamenta quando tem fome e dá banho no horário mais quente do dia. Mas pra que o bebê estivesse tranquilo no momento da sua visita e você não se cansace com o choro ela programou a mamada, o cocô, o banhinho, escolheu uma roupinha casual que deixasse o bebê lindo sem que você notasse seu esforço, pra que pensasse que seu bebê está sempre lindo. 
Aquela mãe, feliz que teria com quem conversar, pensou em tudo pra te receber bem, na medida do seu impossível. Na verdade sua rotina não é tão organizada. Se você chegasse de surpresa a encontraria de pijama, cabelo sujo, talvez até chorando, numa casa bagunçada com um cheiro de ovo frito no ar. O bebê cheirando azedo, ou com a roupa suja de cocô, porque os bebês são assim. Mas você não chegou de surpresa, na verdade nem chegou: deu qualquer desculpa porque, afinal, ela está em casa sempre mesmo! Outro dia eu passo lá.
Aquela mãe então ficou mais uma tarde sozinha com o bebê, só que dessa vez exausta, com a casa limpa, o pão de queijo no forno, o bebê cheiroso e um aperto no peito de quem se sente deixada de lado.
Não dê um bolo naquela mulher que acabou de ter bebê. Sua visita fará toda a diferença no dia dela.





*crédito da imagem : revista Crescer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Restaurando couro sintético

Teste da Tia: Máscara facial negra, da Avon

Teste da Tia - Renew Hydra, da Avon