Cozinhando no microondas

E aí, gente? Tudo bem?

A dica da tia de hoje é pra facilitar o seu dia a dia e não ter mais desculpa pra não se alimentar direito. Se pra você preparar vegetais é demorado e chato é porque você ainda não conhece bem o meu melhor amigo: O microondas! Ele mesmo! Aquele que você só usa pra esquentar o café com leite e, no máximo, preparar aquela lasanha congelada que é deliciosa com um pãozinho francês pra mergulhar no molho é cheia de sódio e gordura e faz um mal danado. Vou te falar que você tá perdendo tempo e dinheiro, já que se comprou um troço desse só pra isso não valeu muito a pena não, né?

Só fui ter microondas em casa quando eu casei, porque cresci ouvindo que a radiação dá câncer e que é coisa de preguiçoso. Olha, se cozinhar coisas saudáveis rapidinho ao invés de ficar usando comida industrializada ou comprada fora todos os dias é coisa de preguiçoso, sou mega preguiçosa graças a Deus. E não vou entrar no assunto da radiação porque não tenho know how pra isso, mas macarrão instantâneo e salsicha também tem ingredientes cancerígenos, então continuo achando que tô fazendo o melhor.

Além do preparo rápido, o microondas tem outras vantagens:


  • Por não precisar colocar o alimento na água na maioria das vezes, você não perde nutrientes;
  • O vegetal mantem sua cor e consistência;
  • Pra preparações que tem que ser posteriormente fritas, o alimento não fica cheio de água, correndo o risco de ficar espirrando óleo;
  • Você põe lá pra cozinhar e pode fazer outras coisas, já que não corre o risco de uma panela de pressão explodindo ou do alimento queimando;
  • Economiza gás.
No meu caso o que mais quebra o galho é fazer arroz. Eu cozinho desde meus nove anos, mas arroz era um negócio que eu nunca acertava fazer: Ficava sempre duro. Daí eu botava mais água pra amolecer e ficava pápa. Daí eu deixava mais tempo no fogo pra secar e... queimava (me julguem). A primeira vez que meu arroz ficou igual de comercial foi no microondas. Fora que enquanto o arroz se cozinhava lá, independente, eu podia ir tomar banho, lavar uma roupa. Sucesso pra quem trabalhava o dia todo e tinha que fazer o jantar. E agora no pós parto então? Eu tinha que comer bem, mas ficava sozinha o dia todo. Eu jamás conseguiria ficar na beira no fogão preparando um arroz e legumes com aqueles raio de ponto doendo. Valeu mesmo, micrô! Até me emociono :')

Pra cozinhar no microondas você pode usar plástico (menos aqueles rígidos, como a melamina, sabe? Aqueles branquinhos que parecem louça de longe quando são novinhos e ainda não estão manchados? ), cerâmica, vidro e papel. Não, você não pode esquentar sua marmitex ¬¬
Minha forma favorita de cozinhar vegetais no microondas é usando saquinhos plásticos. Existem alguns específicos pra isso no mercado, mas devo confessar que uso aqueles transparentes da feira do mercado ou até mesmo sacolinhas limpas novas, sem tinta. Mais uma vez não vou entrar no mérito de dizer se esses plásticos quando aquecidos soltam ou não dioxina, que também é uma substâcia cancerígena. Eu uso por ser prático, mas faça por sua conta e risco. Por via das dúvidas, agora que a Isabella está prestes a começão a comer, já estou comprando alguns recipientes plásticos sem BPA (Bisfenol-A, um composto usado na fabricação de plásticos transparentes e, que quando aquecidos, podem ser tóxicos). Essa informação vem na embalagem, então se você puder optar por esses, melhor.


Bom, vamos parar de rasgação de seda e vamos às dicas. Essas receitas simples eu já testei e deu super certo, então posso compartilhar com vocês sem medo:

Arroz

  • Uma panela de plástico daquelas próprias para arroz, ou um refratário redondo e com pelo menos um palmo de altura. O importante é que o recipiente tenha aquela tampa furadinha;
  • 1 medida de arroz
  • 2 medidas (e mais um dedinho) de água
  • Alho
  • Óleo
Coloque pra ferver a água, e enquanto isso, misture na panela plástica o arroz, um fio de óleo e o alho, e coloque no microondas por 1 minuto e meio, pra dar uma refogada. Tire do forno, e provavelmente sua água estará fervendo. Misture a água ao arroz, coloque sal a gosto e leve ao microondas por 15 minutos. Depois desse tempo recomendo deixar mais uns dois minutinhos lá dentro pra que ele termine de cozinhar, e depois disso, antes que esfrie, dê uma mexida no arroz para evitar que ele esfrie compactado e vire um bloco só. Esse dedinho a mais de água é muito importante! É a água que vai evaporar durante a fervura, e se não estiver a mais vai fazer falta na hora do cozimento...

Pipoca (sem óleo! uau!)

  • Um refratário;
  • Uma medida de milho de pipoca;
  • Uma medida de água
  • Sal
  • Filme plástico
Coloque os ingredientes no refratário, cubra com o filme plástico e faça furos no filme para que o vapor possa sair. Coloque na opção pipoca do microondas ( a maioria tem, mas caso não tenha ela corresponde a cerca de três minutos e meio). Caso termine o tempo e você note que ainda tem milho pra estourar vá acrescentando 30 segundos até estourar tudo. Mas atenção! Caso comece a ficar muito espaçado um estouro e outro desligue, pra não correr o risco de queimar as pipocas. Depois é só colocar sal e o que mais preferir.

Batata recheada igual aquela delicinha do shopping

  • 4 Batatas;
  • Saquinho plástico
  • Só.
Lave as batatas (pode ate usar a esponja de louça ou uma escovinha, tomando o cuidado de enxaguar bem e não "machucar" a batata), faça pequenos furos com o garfo na batata, coloque dentro do saquinho, amarrando a boca e tirando o ar de dentro. Faça uns furos também no saquinho e leve ao microondas por 8 minutos. Depois de cozidas, faça um corte em forma de cruz na lateral da batata, e vá apertando as extremidades da batata para que ela vá abrindo sem precisar tirar a batata de dentro da casca. Você pode rechear com strogonoff, com molho a bolonhesa, frango desfiado... Mas pra ficar ainda mais prático é só colocar milho verde e requeijão ou catupiry. Supimpa!

Brócolis ou couve flor

  • Um maço de couve flor ou brócolis
  • Saquinho pra cozinhar
  • Só também.
Separe as "arvorezinhas" e leve para cozinhar no microondas por um minuto e meio. Fica ótimo pra ser usado no fondue, fazer gratinado, a milanesa, no meio do macarrão...

Batata doce

  • Duas batatas doces grandes;
  • Saquinho.
Lave, corte as extremidades das batatas, e leve ao microondas por 8 minutos. Ótimo pra marmita fitness!

Pudim de doce de leite

  • 1 lata de leite condensado
  • A mesma medida de leite
  • 3 ovos
  • 1 forma para pudim de plástico ou vidro. Importante: Dá super certo fazer na forma de plástico, que costuma ser mais acessível. Porém tem a desvantagem de você não poder untar com a calda de açúcar antes de colocar o pudim, porque a derrete. Nesse caso, prepare a calda e despeje depois no pudim já pronto, mas o sabor não fica igualzinho...
Misture os ingredientes, batendo no liquidificador de gostar do pudim com aqueles furinhos ou com a colher devagar se preferir a massa mais lisa. Despeje na forma untada ou não e cozinhe no microondas por 8 minutos, Caso perceba que o pudim ainda está líquido vá colocando mais 30 segundos ate ficar consistente.

Calda: 1 xícara de açúcar, 3/4 de xícara de água. Misture os dois, leve ao fogo e deixe ferver SEM MEXER PELAMOR! Quando começar a ficar dourada apague o fogo, porque ela continua escurecendo mesmo fora do fogo. Você pode fazer diretamente na forma refrataria no micro, demora uns 4 minutos, e caso não esteja no ponto você vai colocando mais trinta segundos até ficar legal. Mas devo ser sincera: É dificil no microondas. Não sei quantas caldas já queimei tentando. Mas já deu certo também. Hihihi.

Bolo de chocolate de caneca


  • 1 ovo
  • 3 colheres (sopa) de óleo
  • 4 colheres (sopa) de leite
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de chocolate em pó ou achocolatado
  • 4 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • ½ colher (chá) de fermento em pó
  • 1 Caneca de 300ml ou mais
Misture tudo dentro da caneca mesmo e leve ao microondas por três minutos. Espete uma faquinha pra ver se está todo cozido, se não volte ao micro e vá acrescentando 30 segundos. Ele quaaaase transborda da caneca, mas não chega a transborda, fica tranquilo. Ele não fica tão fofinho quanto um bolo assado no forno por motivos de: a fermento tem menos tempo pra agir. Mas fica gostoso com um cafezinho, com calda, com sorvete...

Pra fechar o post vou deixar uma tabelinha com o tempo necessário para cozinhar alguns vegetais. 
PS: Caso você tente cozinhar algum vegetal e perceber que ele ficou meio borrachudo, isso quer dizer que a potencia do seu micro é um pouco mais alta, então o legume acabou desidratando. Tenta de novo e deixar por menos tempo que vai dar certo.
PS2: Caso vá cozinhar vários legumes juntos, tipo pra fazer uma maionese rapidinha (outra dica),tente cortar os legumes do mesmo tamanho, pra que cozinhem igual.



Me conta se deu certo? Tô curiosa!

Essa foi a dica do dia.

Beijo da tia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Restaurando couro sintético

Teste da Tia: Máscara facial negra, da Avon

BB Cream Clearskin Avon